fbpx

Escolas, professores, pais e alunos: todos são responsáveis na construção do conhecimento do inglês

Nos dias de hoje não é mais possível falar sobre o aprendizado do inglês nas escolas regulares sem o compartilhamento das responsabilidades que envolvem a instituição, o professor, os alunos e os pais. Sabemos que existe uma pressão muito grande por parte dos adultos no sentido de fazer com que seus filhos saiam da escola já bilíngues e aquela que consegue esse objetivo, com certeza, se destaca em um mercado em que a concorrência é cada vez mais acirrada.

Ativação das Inteligências múltiplas: um dos caminhos efetivos para preparar os alunos para o mundo contemporâneo

Quantas estratégias didáticas podem ser planejadas para dar sentido e tornar interessante que 2 somados a outros 2 resulta em 4? E para envolver os alunos no impacto que o movimento modernista teve na sociedade? Ou para que se apropriem de um novo idioma? De forma geral, os mais tradicionalistas indicariam a fórmula material didático aliado ao professor como fonte de explicação. Entretanto, no universo complexo e diverso que vivemos hoje, essa abordagem parece não surtir mais o efeito desejado.

Gerenciamento eficaz de mudanças nas instituições de ensino no século XXI

O mundo está em transformação e isso se reflete na atuação profissional e social de todas as pessoas. No GEduc de 2018, congresso de âmbito nacional voltado para os Gestores Educacionais tanto de Educação Básica quanto de Ensino Superior, realizado no final de março, a temática das mudanças e seus impactos para o Gestor Educacional se fez presente de maneira contundente.

Educação e competências para a cidadania global: como preparar professores e alunos para os desafios do século XXI?

Que tipo de educação precisamos e desejamos para o século XXI? Embora aumentar o acesso à educação básica continue a ser um importante desafio em muitos países, a melhoria da qualidade e da relevância da educação atualmente vêm recebendo mais atenção do que nunca, com a devida ênfase na importância de valores, atitudes e habilidades que promovam o respeito mútuo e a coexistência pacífica, além da criação de soluções para a complexidade do mundo atual.

Teoria das Inteligências Múltiplas:
como descobrir sua inteligência predominante?

Você já se deparou com uma situação em que, por mais que o professor explique uma regra ou uma fórmula, o entendimento do determinado aprendizado não é concluído com sucesso? Durante a vida nos deparamos muitas vezes com esse cenário que faz com que, enquanto alunos, nos desmotivemos ou, em casos mais extremos, criemos traumas e barreiras para determinadas disciplinas. E, uma delas, é o inglês.

Metodologias ativas de aprendizagem:
qual o papel e a importância
no processo de aprendizado?

O acesso e a democratização da internet provocaram uma transformação geral na maneira como nos relacionamos com tudo e com todos. Ela deixou a informação em um patamar muito mais próximo do indivíduo, que além de poder consumi-la em poucos cliques também ganhou voz e canais para compartilhar, discutir, debater e argumentar assuntos com muito mais propriedade e fontes de referência.

Desenvolvimento de professores com metodologias ativas e uso de tecnologia: preparando os professores de inglês para adquirir eficácia didática após sua titulação universitária

Chega a ser redundante falar sobre a importância de adquirir a língua inglesa no panorama atual da realidade globalizada em que vivemos. Ela é o que une os negócios, a cultura, a ciência e o que permite promover a inovação para além das barreiras geográficas.

Inglês e competitividade: como a falta de idiomas de comunicação internacional impacta nossa posição no Fórum Econômico Mundial

Você já parou para analisar o que torna um país mais competitivo do que o outro? Há uma série de fatores que precisam ser combinados, como sua política tributária, sua regulamentação trabalhista, a infraestrutura disponível, os processos burocráticos e outros tantos que podem tornar um desempenho melhor ou pior.

Tecnologia: o meio da eficiência, da modernidade
e da individualidade na educação

Hoje a tecnologia já é bastante presente na educação. Você já parou para observar os canais no YouTube que se propõem a ensinar diferentes disciplinas como inglês (como Mairo Vergara e Carina Fragozo), matemática (como o Matemática Rio com Prof. Rafael Procopio), português (como o Redação e Gramática Zica), história (como o Se Liga Nessa História), entre outras? 

Dificuldade com desempenho em inglês
torna profissional brasileiro menos competitivo

Uma soma de fatores faz do Brasil um país pouco competitivo na economia global, sendo que a existência de profissionais desqualificados é um dos principais pontos fracos. Quando se fala em competitividade internacional, o domínio do inglês é considerado essencial, porém apenas 5% da população tem algum conhecimento sobre o idioma.

 

Educação do Futuro: do básico ao superior

Quando o assunto é a educação nos tempos modernos é mais do que perceptível a necessidade de revermos as práticas tradicionais. E esse foi também o grande desafio da educação no Brasil apontado pelo Prof. Ronaldo Mota, educador que já integrou o Ministério de Ciência e Tecnologia e que atualmente é chanceler do Grupo Estácio.

Seus professores e alunos já estão fluentes em inglês? É o que os pais (e o mundo) esperam para interagir com eles!

Vivemos hoje um momento em que a necessidade – e pressão – por falar inglês fluentemente é altíssima, independente da idade. O mundo globalizado tornou o idioma a língua mundial dos estudos, dos negócios e também do lazer e dos projetos de transformação. 

Avaliar o aprendizado do inglês objetivamente: mais do que uma necessidade é imperativo para colocar o Brasil na rota do acesso à produção mundial de conhecimento

A cada dia fica mais evidente a necessidade do aprendizado efetivo de inglês dos alunos da educação básica do Brasil. Tanto que a partir do próximo ano essa disciplina passa a fazer parte da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) das escolas públicas brasileiras.

Bilinguismo: Benefícios vão além do domínio de um segundo idioma

Estamos cercados pela linguagem em todos os momentos de nossa vida. Ela é a base de nossa comunicação, é a forma que utilizamos para expressar nossos pensamentos e sentimentos, para nos conectarmos com outros e para compreender o mundo ao nosso redor. Para muitos, um rico ambiente linguístico envolve não apenas um idioma, mas dois ou mais.

Motivos que barram o aprendizado de inglês

Ter o inglês como segunda língua há muito tempo deixou de ser um diferencial e se tornou obrigatório, ainda mais para quem pensa na carreira ou em viajar para o exterior e fazer um intercâmbio de estudos. Ter conhecimento da língua é de extrema importância para a comunicação com professores e colegas, entendimento das aulas e para leitura de livros e documentos.

Por que o brasileiro não fala inglês?

O acesso das pessoas a escolas de idiomas, ou mesmo a aulas em colégios, é praticamente unânime no Brasil. Na prática, porém, ninguém fala inglês, como se imperasse um pacto coletivo pela não eficiência do ensino do idioma.
Quando faço apresentações para grupos de gestores de escolas ou de recursos humanos, deparo-me com respostas bastante padronizadas perante a pergunta: Quem é fluente em inglês? 

COPYRIGHT © 2018 SEVEN IDIOMAS. ALL RIGHTS RESERVED

Download Premium WordPress Themes Free